Qual o seu papel na família?

Vivemos em um tempo de inversão de valores. Isso tem influenciado muitas famílias que estão literalmente de cabeça para baixo. Se fizermos uma escala de prioridades, muitas pessoas colocam o trabalho ou dinheiro em primeiro lugar, outros priorizam os filhos e ainda existem aqueles que colocam o cônjuge ou a si mesmo acima de tudo na vida. Isto tem gerado muitas decepções e conflitos familiares.

 

Qual o seu papel na família?

Vamos refletir sobre o papel de cada um na família:

 

1- DEUS: Efésios 5.31

 

“Por essa razão, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e os dois se tornarão uma só carne”. Efésios5:31

Deus é quem constituiu a família. Este texto é um resumo da constituição da família desde a criação (Gênesis 2.24) e confirmada por Jesus (Marcos 10.6-9).

A função ou posição de Deus na família é como criador e sustentador do lar.
Quando uma família é formada, precisa dar lugar a Deus em seu lar, mas não é um lugar qualquer e sim o primeiro e mais importante de tudo. Deus é o criador da família. Quando um casal se une é porque Deus os fez com a capacidade de se amar e o próprio “Deus é amor” (I João 4.8). Este amor que homem e mulher sentem vem de Deus.

 

Muitas famílias se desfazem porque não colocam Deus em primeiro lugar. Pensam que o surgimento de sua família foi por causa de um sentimento que já acabou ou por qualquer outro motivo, mas na verdade a família existe pela vontade de Deus. Se você crer que foi Deus quem te ajudou formar sua família, então será capaz de enfrentar o que for preciso e acreditar que o mesmo Deus que criou, também irá restaurar.
Deus merece o primeiro lugar na sua família!

 

2- ESPOSA: Efésios 5.21-24

 

O texto acima tem gerado muita polêmica quando diz que a mulher deve ser submissa ao marido. Isso acontece porque estamos muito longe do padrão bíblico para o lar. A submissão ensinada aqui é que a mulher cumpra o propósito para que foi criada como “auxiliadora idônea” (Gênesis 2.18,20), ou seja, igual. Submissão é estar sob missão ou com o mesmo objetivo. Então o texto está ensinando a mulher a lutar junto com o marido.

A mulher foi subjugada por milhares de anos e nos últimos tempos tem buscado seu lugar na sociedade. Mas infelizmente isso tem sido mal interpretado criando um clima de competição entre homens e mulheres. Com isso, a mulher tem mostrado sua capacidade superando muitos homens. Mesmo assim, não há necessidade da mulher ser rebaixada e nem se exaltar. Dentro de casa, marido e mulher têm uma mesma missão, pois “se uma casa estiver dividida contra si mesma, tal casa não poderá subsistir” (Marcos 3.25).

A mulher tem uma sensibilidade que pode ajudar muito o homem. Então a mulher que está em submissão e auxiliadora no lar, sempre está motivando seu marido, que também deverá tratar a mulher com amor (Efésios 3.25). Uma mulher amada não acha difícil ser submissa ao esposo.
MULHER: assuma seu papel de incentivadora do lar!

 

3- ESPOSO: Efésios 5.25-29

 

O homem é cobrado insistentemente para tratar a mulher com amor. E não é apenas com exemplo de um amor natural e sim de acordo com a intensidade do amor de Cristo pela igreja. Isso significa um amor capaz de sacrificar a si próprio, de dar vida numa entrega total.
O homem que trata mal sua mulher está maltratando a si mesmo (v.29). E o homem que trata bem a mulher, recebe a recompensa em amor (v.28). O papel do marido é manter vivo o sentimento que declarou a sua mulher desde a primeira vez.
O papel do homem não é apenas provedor da família, sustentando a casa. O marido precisa cuidar que sua família e principalmente a esposa nunca se esqueça de que é amada.
HOMEM: assuma seu papel de manter o amor no lar.

 

4- CASAL: Efésios 5.33 e 6.4

 

Um grave equívoco acontece quando o casal vê o cônjuge como ‘outro’, pois desde que se uniram não são mais dois e sim apenas um. Deste modo nunca irão se dividir ou pensar em seus próprios interesses, caindo na cilada do egoísmo ou da competição.
Como pais o casal deve ensinar os filhos com o mesmo respeito e amor, sem raiva e muito menos com mimos, mas com disciplina e ensinamento do que é correto. O casal deve vigiar para não retirar a palavra um do outro e os filhos servirem “a dois senhores; porque ou há de aborrecer-se de um e amar ao outro, ou se devotará a um e desprezará ao outro” (Mateus 6.24).
O papel do casal na família é se amar como uma só carne e nunca perder o respeito. Quando falta o respeito de um pelo outro, uma série de outros problemas se desencadeiam na família. As palavras não são mais escolhidas e as ofensas tomam lugar das declarações e elogios. Mas quando o casal mantém o respeito, então os problemas são superados e com o tempo o amor prevalece.
CASAL: assuma seu papel de manter o amor e respeito no lar!

 

4- FILHOS: Efésios 6.1-3

 

Quando os filhos chegam, ocupam o espaço que faltava no lar. Contudo não podem ocupar espaço demais além do que lhe é devido. O homem continua tendo seu lugar e a mulher também. Agora o casal assume juntos, em maior união, o papel de pais.
Quanto ao cuidado, os filhos passam a ser prioridade para o casal. Isso é bom para unir mais ainda os pais. Contudo os filhos não podem assumir a frente de tudo, para que o amor do marido e da mulher não seja confundido ao ponto de se esquecerem de amar a si para dedicar todo o seu amor apenas aos filhos.

O papel dos filhos na família deve ser de obediência aos pais. Quando os pais, desde a primeira infância, deixam os filhos terem tudo o que desejam, eles se acostumam a exigir tudo pensando que os pais devem lhe obedecer. Com o passar do tempo, quando os pais tentam assumir seu papel de autoridade requerendo obediência dos filhos, então acontece uma crise na família. A rebeldia tem sido um grave problema nas famílias (II Timóteo 3.1-5)
Muitos jovens sofrem porque não aprenderam a ouvir o NÃO. Tiveram tudo o que quiseram na infância e não aprenderam a controlar suas vontades. Então quando ouvem o não de alguém num relacionamento ou emprego, estão despreparados. Por isso é importante criar os filhos com ensino e obediência. Assim não terão problema com autoridades e quando ouvirem um não, estarão preparados para suportar.
FILHOS: assumam seu papel de obediência na família!

 

Assuma sua função na Família!

 

CONCLUSÃO:

Efésios 5.21 “sujeitando-vos uns aos outros no temor de Cristo”
A posição da família diante de Deus está bem clara neste texto:

  • Deus: criou e sustenta a família.
  • Homem: ama e cuida da esposa e do lar.
  • Mulher: apoia e motiva a família.
  • Casal: luta junto como uma só carne.
  • Filhos: obedecem aos pais.

 

Infelizmente muitas casas estão de cabeça pra baixo. Esquecem que cada um tem seu papel na família. A primeira coisa a fazer para reorganizar uma família é dar a Deus o seu lugar de direito acima de tudo. Depois tudo se acerta. Mas para manter tudo em ordem, o texto estudado começa ensinando que cada um se sujeite ao outro (v.21) e não que um sujeite o outro abaixo de si. Fazendo isso a família se manterá com amor.

 

Assuma seu papel na família!